Você sabe como cuidar da saúde dos seus filhos?

     No dia 5 de Agosto comemoramos o Dia da Saúde. Na população pediátrica, crescer com saúde é sinônimo de crescer acompanhado por um pediatra. Esse profissional fará parte de todo o crescimento e desenvolvimento da criança, desde a sala de parto até a vida adulta.

 

     A relação com o pediatra inicia na gestação. O pré-natal de qualidade visa não só o acompanhamento da gestante com o médico Ginecologista e Obstetra, mas também a consulta com o pediatra, preferencialmente no 3º trimestre da gestação. O vínculo estabelecido entre a família e esse profissional possui total influência sobre a evolução da saúde do bebê. Na consulta pré-natal são esclarecidas dúvidas sobre o atendimento em sala de parto, fornecidas informações sobre os cuidados com o recém-nascido, orientações sobre a amamentação e testes de triagens neonatais, além de questionamentos que geram ansiedade aos pais. A consulta nesse período é fundamental para preparar a família e a rede de apoio para que ambos estejam tranquilos e orientados para receber o bebê com segurança.

 

 

 

     Após o nascimento, o acompanhamento pediátrico deve ser mantido conforme a faixa etária. Sabe-se que os pais não devem levar seus filhos apenas em situação de doença para avaliação, mas que as consultas periódicas, chamadas de Consultas de Puericultura, são responsáveis por promover hábitos saudáveis compatíveis com o que desejamos para nossos filhos: saúde plena. Nessas consultas são abordados temas como: alimentação, calendário vacinal, desenvolvimento neuropsicomotor, prevenção de acidentes, rotina e higiene do sono, dentre outros. São realizadas as medidas antropométricas e as mesmas são colocadas em gráficos para que tanto o pediatra como a família possam visualizar se o crescimento físico está dentro do esperado para cada faixa etária.

 

 

     Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, a quantidade de visitas ao pediatra depende não só da faixa etária, mas também das necessidades de cada criança. A recomendação geral é de que no 1º mês de vida sejam realizadas 2 consultas, com 7 dias de vida e posteriormente com 30 dias de vida. Após, as consultas devem ser mensais entre 2 e 6 meses de idade e uma visita a cada dois meses a partir dos 7 meses do bebê. Para crianças a partir dos 2 anos de idade, o ideal é que as consultas sejam trimestrais até completarem 6 anos, quando então as mesmas passam a ser semestrais. No período de 7 a 18 anos, uma consulta anual costuma ser suficiente em crianças/adolescentes sem comorbidades.

 

Médica Pediatra Dra. Fernanda Kopereck

Médica Pediatra Dra. Fernanda Kopereck 

 

     O médico pediatra é formado para uma atenção integral à criança, envolvendo pais, cuidadores e responsáveis, e, é importante salientar que ele é um parceiro e aliado da família na vigilância de uma infância saudável. As consultas precisam ser periódicas, mesmo diante do atual momento de pandemia. O pediatra é o médico especialista mais preparado para cuidar da saúde das crianças e dos adolescentes. Crianças acompanhadas periodicamente são menos hospitalizadas e, é comprovado que, promover saúde à criança é melhor do que tentar reverter problemas mais tarde. Crescer acompanhado por esse profissional é um direito da criança, afinal, toda criança merece ter um pediatra para chamar de seu!

 

Fernanda Lacerda Kopereck

@clinica_vitacare

Médica Pediatra CRM 37139 - RQE 31912

Professora de Pediatria do curso de Medicina UCPel

Preceptora da Residência Médica de Pediatria HUSFP/UCPel

Médica Pediatra rotineira da UTI Semi Intensiva do HUSFP

Clínica Vita Care – Rua Albino Brod, 172/sala 508 – Itamarati EKO – (53) 99930-6590

Mais blog