Aspectos Nutricionais na Gestação

O período gestacional é constituído por 40 semanas de gestação com diferentes aspectos fisiológicos, metabólicos e nutricionais. A nutrição é extremamente importante para que seu bebê se desenvolva com saúde, por isso a alimentação da mãe tanto em relação a reservas energéticas e de vitaminas e minerais é fundamental.

É essencial o cuidado com a QUALIDADE e a QUANTIDADE dos alimentos consumidos.

QUANTIDADE deve aumentar, mas sem exageros, nada de comer “por dois”.

 

Em relação a QUALIDADE, existem alguns nutrientes que são de extrema importância na alimentação da gestante são eles:

 

CÁLCIO

O cálcio é um mineral essencial pois participa na formação e manutenção dos ossos e dentes, ajuda a regular os batimentos cardíacos e a contração muscular, é necessário para a coagulação adequado do sangue, auxilia na regulação da pressão sanguínea e no equilíbrio da água intra-celular.

Se você não consumir quantidades suficientes de cálcio pode apresentar gengivite, cãibras além de má formação óssea e dentária do feto.

Durante a amamentação há tendência à descalcificação dos ossos em virtude da produção do leite para o bebê.

As principais fontes de cálcio são os leites e derivados, os vegetais e leguminosas também são fontes de cálcio porém são menos aproveitados pelo organismo.

 

FERRO

O ferro é um mineral essencial na formação da hemoglobina (que carrega o oxigênio no sangue) e da mioglobina (que carrega oxigênio nos músculos) sendo que a carência severa provoca anemia.

As principais fontes de ferro são: fígado, carnes, ovos, feijão, verduras.

Para melhorar a absorção do ferro consuma junto com alimentos ricos em vitamina C (ex: frutas cítricas, tomate, couve-flor, verduras etc) e evite alimentos fontes de cálcio na mesma refeição pois estes diminuem a absorção do ferro.

 

FOLATO (Ácido fólico)

O folato é uma vitamina hidrossolúvel que atua na produção de núcleo celular (DNA), que determina a formação do bebê.

A necessidade de folato durante a gravidez esta aumentada e como a maioria das vitaminas hidrossolúveis, o excesso ingerido é excretado não ficando armazenado no organismo.

A ingestão entre a 4ª e 9ª semana de gestação, ou mesmo antes da gestação, pode prevenir malformações abertas do sistema nervoso central.

Os alimentos que contém ácido fólico são vegetais verdes escuros, cereais, leguminosas, ovo e leite.

 

VITAMINA A

A vitamina A participa no processo visual e no sistema imunológico da gestante além de auxiliar no desenvolvimento celular, crescimento ósseo e na formação do broto dentário.

A vitamina A é encontrada em leite e derivados, gema do ovo, fígado, folhas verde escura, batata doce e muitas frutas e vegetais amarelo-alaranjados como laranja, manga, mamão e abóbora.

 

VITAMINA C

A vitamina C é fundamental para a formação do colágeno, que compõe a pele, ossos, cartilagem e vasos sanguíneos além de auxiliar na absorção de ferro e fortalece o sistema imunológico.

As fontes de vitamina C são as frutas (ex: kiwi, laranja, morango, melão, melancia, mamão, abacaxi) e hortaliças (ex: brócolis, pimentões, tomate).

 

Tudo que a mãe faz, come ou bebe durante a gravidez chega até o bebê, por isso é necessário  ter uma alimentação bem equilibrada.

 

 

Andréa Kneib - nutricionista na clínica Bio Light

Rua Padre Anchieta 3409 - telefone (53)-3225-0046

Mais blog